Ainda sou útil?

7 nov

Sabe quando a sua vida não está indo muito bem, quando tudo tá dando errado e parece que a tempestade não vai passar nunca? Pois é, a minha vida estava mais ou menos nesse caminho, meu rendimento na faculdade era o pior desde que eu iniciei o 1º período, minhas notas parecem Ter caído de cara num abismo, perdi meu emprego na Volkswagen, tive problemas com alguns amigos, um deles nem fala comigo mais, a saudade de casa está cada vez maior e o tempo e dinheiro cada vez menor pra poder voltar em Angra e ver minha família. Tudo isso estava me deixando maluco, até que consegui um estágio na faculdade mesmo, no NCS (Núcleo de Comunicação Social), passei a trabalhar mais diretamente na minha área, apesar de não fazer o que eu gostaria ainda, e quando me ví dentro da organização de um dos maiores eventos que a faculdade já promoveu passei a me sentir um pouco mais útil, mais vivo! Durante semanas as únicas coisas que eu fazia era em prol desse evento, passava horas ao telefone entrando em contato com gráficas, transporte, empresas de eventos, enfim, tava dando duro mesmo, e gostando muito, foi quando meus supervisores me disseram que eu faria a divulgação do evento em Angra, e sozinho! Achei o máximo poder fazer isso, provei ser digno da confiança deles, e o melhor, eu estaria na minha cidade novamente, mesmo que por apenas um dia, mas só o fato de eu poder retornar à minha antiga escola e convidar os alunos pra vir pra minha faculdade seria demais, até que nessa Segunda veio o balde de água fria, a gerência não liberou minha ida pra Angra por eu ser apenas um ESTAGIÁRIO, que eles não poderiam liberar um carro pra mim, pois seria responsabilidade demais, visto que não sou um funcionário! Na boa, se eu ainda tivesse carro eu iria assim mesmo! Há muito tempo não me sinto útil assim e queria poder continuar, cheguei a pedir carro emprestado com o povo da minha família e amigos, mas infelizmente ninguém podia liberar, fazer o quê né, ficarei por aqui mesmo, na mesma vidinha de estagiário sem mais responsabilidades, o lance então é eu focar meu tempo nos trabalhos infinitos que tenho pra entregar essa semana e pras provas que já estão quase aí… mas eu chego lá, quero provar pra eles de que sou capaz, tanto quanto os outros que trabalham aqui! Quero poder me sentir uma pessoa útil novamente….

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: